Retrofit de apartamentos será estimulado em São Paulo e no Rio

Fique atento às regiões do centro de São Paulo e do Rio de Janeiro nos próximos anos. Principalmente se você sonha com o retrofit de apartamentos. As duas capitais anunciaram estímulos atraentes para renovação de imóveis antigos nessas regiões. São Paulo: retrofit de apartamentos em meio a polo boêmio Em São Paulo, o programa Requalifica […]

[addtoany]

Fique atento às regiões do centro de São Paulo e do Rio de Janeiro nos próximos anos. Principalmente se você sonha com o retrofit de apartamentos. As duas capitais anunciaram estímulos atraentes para renovação de imóveis antigos nessas regiões.

São Paulo: retrofit de apartamentos em meio a polo boêmio

Em São Paulo, o programa Requalifica Centro oferece remissão e isenção de impostos como IPTU, ITBI e taxas municipais a proprietários que fizerem retrofits. De fato, até três mil imóveis antigos podem se beneficiar dessa decisão, uma vez que tenham sido construídos até 23 de setembro de 1992.

A prefeitura quer revitalizar o Centro reformando os calçadões e criando um polo cultural e boêmio. A ideia é estimular movimento e mercado imobiliário com lojas no térreo e apartamentos para alugar nos demais andares.

No Rio, o retrofit de apartamentos também é destaque

O programa Reviver Centro, no Rio de Janeiro, segue uma ideia parecida. O objetivo, afinal, é atrair novos moradores que queiram valorizar a história de uma região de 5,72 km² na cidade.

No Rio de Janeiro o retrofit de prédios pode render coberturas de uso comum dos moradores.

Entre os benefícios, ganham destaque:

– Empreendimentos que façam a reconversão de prédios comerciais antigos em edifícios residenciais ou mistos (com mínimo de 60% de unidades residenciais) terão a dívida ativa isenta. Taxas de IPTU, ITBI e ISS, além de taxas de licenciamento liberadas por um tempo.

– Garagens melhoradas – Prédios de moradias ou mistos (comércio e residenciais) não poderão ter novas vagas de estacionamento. Andares antigos de garagem poderão ter outros usos, como academias, por exemplo.

– Lojas no térreo – Prédios reconvertidos ou os novos residenciais ou mistos podem ter lojas comerciais no térreo. A ideia, afinal, é trazer movimento a esses locais.

– Terraços cariocas – Haverá estímulo para transformar o topo de prédios em coberturas. A intenção é que os moradores possam apreciar a paisagem. Entretanto, a cobertura deve ser de uso coletivo.

– Locação social – Empreendimentos com 20% das unidades no programa de Locação Social da prefeitura terão IPTU isento por 30 anos. O programa beneficia estudantes universitários e servidores públicos. Eles devem ter renda de até seis salários-mínimos.

Por isso, se você gosta de imóveis antigos e da região central do Rio e São Paulo, fique atento. Com um bom projeto, é possível reformar e economizar para alugar um apartamento ou mesmo investir no mercado imobiliário. De fato, pode ser uma ótima oportunidade.

Posts relacionados

As 5 maneiras de investir no mercado residencial

Se você ainda acha que investir em residencial é comprar um imóvel barato para vendê-lo mais caro, é hora de pensar de...

Leia mais

Média ou longa permanência: qual o tipo de locação mais rentável?

No Brasil, o período de uso de um imóvel determina o seu modelo de operação e também os potenciais retornos que o...

Leia mais

Reajuste do IPTU em São Paulo terá teto de 10% até 2024

Se você tem um imóvel em São Paulo, na segunda quinzena de janeiro deve receber o IPTU, entre outras contas. E se...

Leia mais

Seja um morador

Seja um morador

Quer receber conteúdos exclusivos? Assine nossa news! :)

Yuca Comunidade e Tecnologia Ltda @ 2022 CNPJ: 34.399.713/0001-90