Próxima parada: 2024, o ano da Yuca para o cliente investidor

Confira a entrevista com o Paulo Bichucher, nosso CEO, sobre 2023 e nossos planos para o futuro!

Com a chegada do fim de ano, é impossível não olhar para trás e refletir sobre tudo que fizemos ao decorrer de 2023. Inauguração de prédios inteiros sob gestão da Yuca, premiações, marcas atingidas e a inquietude de sempre melhorar as nossas soluções — nada disso teria sido possível sem nosso time incrível, nossos clientes e parceiros! 

E, para celebrar mais um ciclo de Yuca concluído, convidamos o PB, nosso CEO, para refletir sobre o nosso último ano de Yuca e dar uma palinha do nos espera em 2024!

Quais foram as principais conquistas da Yuca em 2023?

A Yuca evoluiu como operação significativamente em relação ao ano anterior. Na parte de locação, expandimos nossos canais de distribuição – agora, não só operamos no Marketplace Yuca, mas conseguimos também operar em todos os outros Marketplaces relevantes do mercado. Para o player que se plugar com a gente, conseguimos ser o canal mais abrangente do mercado e colocar imóvel anunciado na Yuca, no QuintoAndar, no Zap Imóveis, onde for…  

Esse ano também saímos de um para quase 10 prédios inteiros sob nossa gestão, o que mostra que somos um dos players mais relevantes em termos de operação de full buildings. Conseguimos manter nossa operação com bastante alavancagem tecnológica, o que possibilitou o alcance de uma margem NOI muito boa para os investimentos dos nossos proprietários. 

Um último ponto importante é que conseguimos seguir crescendo, mesmo em um mercado difícil e que está se contraindo — Conseguimos crescer mais de 60% em receita de aluguel. 

Quais foram os aprendizados mais importantes deste último ano para a Yuca?

Acho que o principal aprendizado desse ano foi conhecer mais e aprender mais sobre o nosso cliente investidor. Entender como ele pensa, quais produtos usa no dia a dia, o que importa no retorno dele e como isso deve se traduzir em uma solução completa — em termos de tecnologia, operação, marketing, etc. É até engraçado, acho que a gente usou a palavra investidor muito mais neste ano do que nos anos anteriores. 

Quais são os principais desafios que você enxerga para 2024?

A gente tem um desafio de provar para nossos grandes clientes que conseguimos ser a melhor solução para eles, e não só no quesito gestão e operação de unidades. Uma parte grande da nossa oferta passa por tecnologia, a partir da construção de produtos relevantes que irão facilitar tanto o crescimento deles, quanto o nosso. Então fazer o lançamento final do nosso Portal do Investor, listing analytics e property management system, e conseguir ter uma alta adoção desses produtos pelos nossos proprietários investidores são pontos fundamentais. 

Acho que ainda vamos ver um crescimento grande no ano que vem, mas com projetos que não necessariamente trarão receita de curto prazo, então temos que manter uma cabeça de eficiência operacional, mas ao mesmo tempo continuarmos sendo criativos para crescer por novos canais de captação de proprietário.

Quais são as expectativas e planos para o próximo ano da Yuca?

Um dos desafios que queremos atacar com força ano que vem é como ajudar parceiros que hoje operam no short stay a trabalharem melhor o long stay. Então queremos muito nos aproximar deles e tentar aumentar a conversão de locação deles na nossa plataforma — algo muito importante no nosso roadmap de 2024.

O mercado de investimento institucional em residencial para renda está voltando com a queda do juros à vista. Estamos muito bem posicionados para capturar uma parcela grande desse mercado com nossos serviços e produtos, mas temos que estar muito próximos deles no processo de construção de portfólio, auxiliando o underwriting dos ativos, projetos arquitetônicos, operação e locação.

Outro plano é relacionado ao nosso produto de gestão para proprietários. Agora que ele está sendo criado, vamos ter que continuar a melhorar o produto de dados que existe dentro dele, ajudando investidores a terem segurança na precificação do seu aluguel e, concomitantemente, crescer a base de investidores no mercado de residencial para renda.. 

Posts relacionados

Entenda como o reajuste do IPTU em São Paulo terá teto de 10% até 2024

Se você tem um imóvel em São Paulo, na segunda quinzena de janeiro deve receber o IPTU, entre outras contas. E se...

Leia mais

Novo índice de reajuste promete melhorar as negociações para proprietários e locatários

Esse filme todo mundo já viu: crise econômica, o dólar sobe, aumenta a desconfiança, cresce o desemprego, cai a renda e o...

Leia mais

Mercado residencial: onde está o ouro em São Paulo?

O e-Book de Janeiro detalha as regiões com as melhores perspectivas de valorização.

Leia mais

    Quer receber conteúdos exclusivos? Assine nossa news! :)

    Yuca Comunidade e Tecnologia Ltda @ 2024 CNPJ: 34.399.713/0001-90