Reajuste do IPTU em São Paulo terá teto de 10% até 2024

2 minutos para ler

Se você tem um imóvel em São Paulo, na segunda quinzena de janeiro deve receber o IPTU, entre outras contas. E se ainda não sabe, o prefeito Ricardo Nunes anunciou que o reajuste do IPTU não deve ultrapassar 10%. A taxa apenas acompanha a inflação, segundo o prefeito, o que não caracteriza, de fato, um aumento. Essa correção pela inflação se mantém pelos próximos dois anos, até 2024.

Pessoas caminhando na rua do Copan, em SP
Imóveis avaliados em até R$ 160 mil são isentos do IPTU

Imóveis avaliados em até R$ 160 mil continuam isentos do imposto. Há um projeto sendo analisado para que esse limite chegue a R$ 230 mil – mas ainda precisa de aprovação. No momento, 1,1 milhão de imóveis não precisam pagar a taxa.

Reajuste de IPTU: por quê?

De acordo com a prefeitura de São Paulo, a explicação para o novo valor é que não houve reajuste em 2021. A inflação de 2020 não foi considerada para a atualização dos valores do m² de terreno e de construção no IPTU (Decreto 60.036/2020). A boa notícia é que para quem faz o pagamento em cota única, o desconto de 3% está mantido – desde que seja feito até o vencimento.

Morar com uma conta só

Conta simplificada da Yuca é uma tendência que se fortalece em SP

IPTU, contas de luz, de gás, internet e condomínio: todas elas tiveram reajustes ou vão passar por eles. A inflação assombra o Brasil, e leva especialistas a preverem mais aumentos para 2022. Em meio a tudo isso, a tendência de morar descomplicado, com todas as contas inclusas, se fortalece. Afinal, evitar frustrações com aumentos e reajustes é ponto positivo para as gerações mais novas que buscam um jeito menos burocrático de morar.

Para quem investe em imóveis, ter a gestão simplificada de contas é ainda mais prático e vantajoso. Afinal, perder tempo olhando para cada conta, calculando todos os custos, é tarefa para os profissionais da Yuca. Entenda como funciona a gestão simplificada e planeje seu 2022 já.

Posts relacionados

Deixe um comentário